| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

CEDETRAN: Portal do Trânsito do Paraná
Desde: 20/02/2010      Publicadas: 228      Atualização: 02/04/2018

Capa |  Acidentes  |  Caminhoneiros  |  Campanhas de Transito  |  Crime ou Dolo  |  Guia do Transito  |  Leis do Trânsito  |  Noticias Recentes


 Comentarios

  04/08/2011
  0 comentário(s)


A campanha de Transito continuadamente . "Panfletos somados com campanhas na mídia são formas convencionais.

A educação é um processo que não tem fim, mas precisamos intensificar as fiscalizações

Educação no trânsito Campanhas de trânsito têm poucos efeitos sobre os motoristas Os condutores londrinenses se consideram quase perfeitos, mas na prática admitem que só a multa pode mudar comportamentos 04/08/2011 | 00:01 Marcelo Frazão Eles se consideram exímios no volante, não avançam semáforo, nunca correm, erram pouco na direção e atestam que se todos os motoristas de Londrina seguissem o exemplo deles o trânsito da cidade seria outro. Na vida real, dirigem sem cinto, falam ao celular, não sinalizam com seta, são multados com frequência e mostram que afirmar uma coisa e fazer o oposto não é exclusividade da classe política " e sim um hábito mais que corriqueiro do cidadão, sobretudo no trânsito. Também são firmes em dizer que campanhas de "conscientização" com a clássica entrega de panfletos aliados a anúncios de rádio, TV e jornal não são suficientes para mudar o comportamento de qualquer deles. "Sou bom motorista sim", responde logo Alessandro Gundhner, 36, técnico de informática. Vítima de atropelamento em que o condutor fugiu após derrubá-lo da moto, Alessandro se diz cuidadoso e mostra a marca da fratura na perna. Com alguma insistência da reportagem, no entanto, confessa nunca usar cinto no carro e que foi multado por falar ao celular no volante. "Às vezes deixo de usar mesmo o cinto. Mas é só para distância curta", tenta justificar. Um panfleto no semáforo não mudaria a própria postura: "É mais fácil uma multa." Bogotá deu cartão e usou mímicos no trânsito Em Bogotá, Colômbia, o trânsito que matava 25 pessoas por grupo de mil habitantes mudou a partir de intervenções criativas no meio ambiente, no trânsito e na organização geral da cidade. O governo local distribuiu cartões vermelhos e verdes " primeiro para os alunos das escolas públicas " mostrados sempre que qualquer cidadão cometesse "deslizes", como jogar lixo no chão ou ocupar a calçada com estacionamento. Depois, a Prefeitura de Bogotá convocou 200 mímicos para atuar nas esquinas. Sempre que um motorista parava sobre a faixa ou não respeitava determinada sinalização, os mímicos eram acionados, aparecendo em meio à multidão. Em conjunto, simulavam empurrar o carro do infrator " causando um inevitável e divertido constrangimento ao motorista. Com o tempo, os cruzamentos tornaram-se pontos de observação dos populares à espera dos mímicos " que podiam aparecer ou não. Com isso, o desrespeito à faixa e ao pedestre foi exterminado. "Blitze educativa com folder virou regra, mas temos que sair do óbvio. Inovar é fundamental: as pessoas gostam e esperam ser surpreendidas na rotina da cidade". Caixas falsas simularam radares em Maringá Em uma ação mais que criativa, sem dispor de recursos suficientes para as demandas da Secretaria de Transportes de Maringá quando estava em uma diretoria, o psicólogo de trânsito Luís Miúra tinha apenas "quatro ou cinco" radares de velocidade fixos " e mais de 60 locais onde eles seriam fundamentais para conter a violência nas ruas. Sem estrutura, construiu pequenas caixas onde os radares cabiam nos cruzamentos e instalou grandes placas com avisos visíveis. "Ninguém sabia onde os equipamentos ficavam de verdade. A caixinha estava lá todo o tempo e fazíamos um rodízio entre os pontos", recorda-se. "Criamos a ilusão de que o motorista era vigiado eletronicamente em toda a cidade". Em Brasília, quando diretor do Detran federal, Miúra, em parceria com uma agência de modelos, posicionou profissionais vestidos de anjos que simulavam movimentos de almas vagando nos 10 pontos de mais mortes na cidade. "Adivinha se funcionou?", cutuca. A multa foi insuficiente para mudar a cabeça do torneiro- mecânico José Nilson Zanon, 42, desde os 18 no volante. Após declarar-se "motorista consciente" e criticar o trânsito de Londrina, também admite que o cinto ainda é tabu. "Só uso no fim de semana, quando minha filha está no carro comigo". Um ano atrás, perdeu R$ 127 e 5 pontos na carteira por andar no centro sem o equipamento " e nada mudou. "Esquecimento mesmo. Não tem desculpa." O representante comercial Cláudio, após se dizer "um bom motorista", não quis dar o sobrenome à reportagem " pois acabara de confirmar que nunca usa a seta para dobrar. "É que dirijo muito na estrada. Falta hábito", pondera. Na primeira resposta, avaliou-se como "sensato no volante". Já o jardineiro Marcos Antônio, 45, jura que tirou o cinto apenas "por um instante". Sobre as campanhas, afirma que "tem muita propaganda por aí". "Tem tanta que nem sei se o pessoal presta atenção em anúncio da tevê. Acho que sim", titubeia. Encabeçada pelo Núcleo de Mobilidade Urbana, a campanha "Trânsito Legal" ganhou as ruas em abril " mas a evolução dos números de mortos, vítimas e acidentes na cidade impõe a necessidade de um choque de comportamento no motorista londrinense. O Núcleo agrega órgãos do poder público " como a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), gestora do setor, Companhia de Trânsito da PM (Ciatran), Ministério Público " e da iniciativa privada, como a Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), entre vários. "Campanhas de trânsito não podem ser frias e convencionais. Devem manter a cidade alerta e o assunto sempre quente", define Luís Miúra, o psicólogo de trânsito que revolucionou a abordagem de motoristas e pedestres em Brasília quando, uma década atrás, inaugurou o respeito à faixa na capital federal. "Panfletos somados com campanhas na mídia são formas convencionais. É o mínimo esperado para uma campanha. Mas o problema é tão grave que sempre se tornar necessário mais e mais criatividade", opina o especialista, responsável por um choque no trânsito de Maringá seis anos atrás, quando foi convidado para a diretoria de transportes da Prefeitura. Em uma das tentativas de manter o assunto "quente", Miúra foi flagrado por jornais locais atravessando a rua sobre o capô de um carro parado em cima da faixa. "Claro que não aconselho, mas quem cuida do trânsito tem que ser firme para a sociedade. A ação funcionou e repercutiu muito, com certeza", lembra. Panfletos Até agora, o Núcleo de Mobilidade distribuiu quase 100 mil panfletos, fez palestras para 8 mil crianças em escolas e insiste que meios de comunicação divulguem anúncios gratuitos em rádios, tevês e jornais da cidade. Em curso, o Núcleo vai distribuir mais 50 mil cartilhas nas escolas públicas e DVDs com vídeos da campanha, além de realizar um concurso com escolas para estimular boas práticas e a veiculação de 40 anúncios nos vidros traseiros do transporte coletivo. Em meio aos esforços voluntários do grupo, a evolução dos dados negativos é tida com certa normalidade diante da impressão " questionável, segundo Miúra - de que mudar o comportamento do motorista leva um longo tempo. "Depende do que se faz". "O processo de mudança é lento e de persistência. Assim mesmo", define o presidente da Acil, Nivaldo Benvenho, um dos membros do Núcleo. Sobre panfletos e anúncios, o presidente da Acil diz que a forma de abordagem "foi definida no planejamento estratégico" do grupo e que ainda não sabe como avaliar os efeitos das ações. Londrina fechou o primeiro semestre com 44 mortes nas ruas ante 21 mortes no mesmo período em 2010. Somente na semana passada, três motociclistas morreram em acidentes " e o trânsito motorizado sobre duas rodas já soma 19 mortes no ano. "A educação é um processo que não tem fim, mas precisamos intensificar as fiscalizações", posiciona-se o promotor Paulo Tavares, também no Núcleo. Wilson de Jesus, diretor de trânsito da CMTU, afirma que, de fato, os números "são chocantes": "Mas trabalhamos na insistência. Imagina como me sinto ao abrir o jornal e ver mais mortes acontecendo todo dia". Questionado se a CMTU consegue fazer uma autocrítica quanto à gestão do trânsito na cidade, Jesus sugere que "a violência no setor é uma epidemia nacional, não só em Londrina". "Mídia não aderiu" Para o capitão Mario Celso Andrade, a campanha Trânsito Legal só vai "pegar" quando "a mídia divulgar os anúncios e as ações". Segundo ele, a cobertura da imprensa ficou prejudicada pelos problemas políticos na Prefeitura: "Há mais de um mês a imprensa de Londrina está de plantão na porta do Ministério Público e do Gaeco. O momento é complicado", afirma. "Independente disso, fizemos o nosso trabalho", acredita. "Talvez com a mídia voltando a divulgar, os motoristas prestem mais atenção". O capitão não vê formas diferentes de promover a educação no trânsito além das ações implantadas pelo Núcleo de Mobilidade, com palestra em escolas, panfletagem nas ruas e inserção de mídia: "São os meios que temos. Uma hora chegamos lá porque temos limitações. Com a mídia, tudo pode mudar."
  Autor:   jl


  Mais notícias da seção Geral no caderno Comentarios
31/12/2015 - Geral - Por que a lei seca salva 50 vidas por dia
Desde que beber e dirigir foi proibido, as mortes no trânsito brasileiro caíram pela metade. Conheça a base científica da "tolerância zero", a experiência em outros países e o que esperar quando as blitze acabarem...
06/12/2015 - Geral - Como o celular está se tornando uma ameaça mortal no trânsito
Se você estiver lendo este texto no seu celular no automóvel, olhe em volta e repare a quantidade de motoristas que estão fazendo a mesma coisa enquanto esperam o sinal abrir.O crescimento da internet móvel é avassalador. Só neste primeiro trimestre de 2015, mais de 68 milhões de brasileiros acessaram a internet via smartphone....
19/11/2015 - Geral - Conheça os limites legais para aparelhagem de som automotivo
Cruzar com um veículo barulhento, com uma poderosa aparelhagem de som, não é uma cena incomum em diversas cidades brasileiras. O que muitos condutores não sabem.............
17/06/2015 - Geral - Relação das combinações de letras nas placas dos carros
As placas de identificação de veículos no Brasil são emitidas pelos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detran) de cada unidade da Federação, seguindo uma sequência única para todo o país....
17/01/2013 - Geral - Reparo - Fuja do problema
Não importa se a oficina é de confiança, antes de autorizar o conserto do veículo é preciso ter um orçamento com prazo de entrega e depois nota fiscal do serviço...
02/01/2013 - Geral - Após perder filho em acidente, engenheiro se torna ativista
Diniz criou a ONG Trânsito Amigo, estudou segurança de trânsito e passou a participar de palestras e audiências públicas apoiando uma legislação mais dura contra motoristas causadores de acidentes....
19/10/2012 - Geral - Uso correto do pisca-pisca pode evitar acidentes
"A sinalização de luzes no veículo é a maneira que temos como nos comunicar com os demais condutores. Ali sabemos quem vai mudar de direção, ou de faixa na via, sabemos quem vai frear ou mesmo quem está com algum problema", ...
15/05/2012 - Geral - Pequenas distrações no trânsito podem causar acidentes graves
Distração do motorista por um período de dois segundos, em um veículo guiado a 60 quilômetros por hora, faz com que o carro percorra um trajeto de 37 metros às cegas....
09/12/2011 - Geral - Faixa elevada para pedestres
Diversas cidades já adotaram a elevação da pista de rolamento dos veículos ...
01/11/2011 - Geral - informações úteis não divulgadas
Documentos roubados - BO (boletim de occorrência) dá gratuidade - Lei 3.051/98 - ...
17/10/2011 - Geral - Sugestões para redução de acidentes com motos
Todo motociclista deverá estar habilitado e usar os equipamentos de segurança tais como...
08/07/2011 - Geral - Manutenção: Embreagem
prevenção...
13/05/2011 - Geral - DESARMAMENTO: A ALEGRIA DO CRIME!
História para quem esqueceu, ou nunca soube:...
06/02/2011 - Geral - Ação para a Segurança Viária
O terceiro domingo de novembro foi nomeado como Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito....
22/08/2010 - Geral - O guarda não deveria antes advertir e só depois multar?
advertir e só depois multar?...
25/04/2010 - Geral - Sinal vermelho para as motos
1 milhão de acidentes de trânsito ...
23/04/2010 - Geral - DIFERENÇAS ENTRE SUSPENSÃO E CASSAÇÃO
QUANDO SE PERDE O "DIREITO DE DIRIGIR": ...
08/04/2013 - Geral - Carros dublês, placas cronadas
órgão investiga 1.600 processos de reclamações....
08/04/2010 - Geral - 'Riscagem' de pneus pode ameaçar a segurança dos motoristas .
"É infração grave com multa de R$ 127"...
01/04/2010 - Geral - Permissão para Dirigir
Primeira Habilitação...
26/03/2010 - Geral - Concessionária tem de registrar carros
Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo...



Capa |  Acidentes  |  Caminhoneiros  |  Campanhas de Transito  |  Crime ou Dolo  |  Guia do Transito  |  Leis do Trânsito  |  Noticias Recentes
Busca em

  
228 Notícias


Noticias Recentes
 

Geral

 

Inspeção veicular será obrigatória no país todo até o final de 2019

 

Geral

 

Placas do Mercosul começam a valer em 1º de setembro no Brasil

 

Geral

 

Renovação da CNH exigirá curso e prova teórica

 

Londrina

 

DIA MUNDIAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DO TRÂNSITO 2018

 

Geral

 

CNH digital começará a valer a partir de fevereiro de 2018

 

Geral

 

Paraná suspende 273 motoristas por dia por infrações de trânsito

 

Geral

 

Noivo tem presentes de casamento confiscados por dever indenização de acidente de Trânsito

 

Geral

 

C.FED " Comissão aprova desvinculação de dívida de IPVA de carro que vai a leilão

 

Geral

 

Mudança na Lei aumentará tempo de suspensão da CNH


Crime ou Dolo
 

Geral

 

A OMISSÃO TAMBÉM NOS FAZ CÚMPLICES.

 

Geral

 

Imprudência

 

Geral

 

Crime ou Dolo


Campanhas de Transito
 

Geral

 

"Descarte consciente de bitucas " Ser fumante é uma opção, respeitar as leis de trânsito é uma obrigação"

 

Geral

 

A preocupação com o excesso de velocidade e o uso do cinto de segurança foram os temas escolhidos para o trabalho educativo durante o Maio Amarelo

 

Arapongas

 

PM de Arapongas realiza blitz educativa no Dia Estadual da Prevenção de Acidentes de Trânsito

 

Geral

 

Práticas (esquecidas) que tornariam o trânsito melhor

 

Geral

 

Ação criativa em estacionamento

 

Londrina

 

Blitz Educativa do CEDETRAN alerta para responsabilidades no trânsito

 

Londrina

 

As estatísticas da Companhia de Trânsito da Polícia Militar (CiaTran) em Londrina apontam um crescimento expressivo no número de atropelamento de idosos

 

Geral

 

Programa "Pare na Faixa" , PERCEPÇÕES E REPRESENTAÇÕES

 

Geral

 

Dinheiro de multas de trânsito só poderá ser aplicado em campanhas educativas